7 atitudes clássicas dos churrascos de domingo…

1 – Colocar o papo em dia enquanto a carne assa;

Com a correria do dia a dia nem sempre é possível sentar e conversar com os amigos ou com a família. Mas, a hora do churrasco é sagrada. Sempre tem aquele ritual dos amigos reunidos com os olhos na carne e os ouvidos na conversa. É o momento que todos confraternizam, falam dos acontecimentos da semana, da política, do futebol ou dos planos de viagens. Quando o churrasco é familiar, sempre tem aquele novidade sobre o bebê da família, a prima que está namorando, a tia que descobriu uma fofoca nova do bairro. Não adianta, churrasco é o momento para saber de todas as novidades, não há jornal ou programa de TV mais cheio de novidades que o bate-papo do churrasco.

2 – Discutir a última rodada do campeonato do futebol;

Seja estadual, nacional, mundial ou até mesmo o municipal, não há como fugir. Não há churrasco que o assunto “futebol” não esteja presente. Sempre tem a corneteada pelo fato do time A ter passado um ponto na frente do time B. Se o jogo está empatado, o assunto é nova contratação ou a lesão do zagueiro. Há também o churrasco dos próprios jogadores, seja profissionais ou amadores de futebol salão, futebol 7, futsal ou campo, não importa, o que importa é ter churrasco e carne boa.

3- Encontrar lugares para todos os amigos na mesa;

Quando o cheirinho da carne assada começa a tomar conta do ambiente é a hora de arrumar a mesa. Nisso, o pessoal começa a se olhar e contar “quantos têm” para jantar ou almoçar. Se turma é grande o desafio fica em encontrar lugares para todos, ai um puxa mais uma cadeira, outro encontra um banco no quarto e se necessário, pega-se aquela mesinha do canto e arruma para as crianças. Mas, se tem churrasco, tem lugares para todos.

4 – Descobri se a carne do novo açougue é macia;

Alguns já tem o lugar confirmado, a carne certa. Mas daí chega aquele amigo e diz que descobriu um açougue com uma carne ainda mais macia. Ainda tem aqueles dias que você vai viajar e tem que comprar carne em outra cidade. Então, na hora do churrasco sempre rola aquela dúvida. Será que a carne é macia? Só fazendo churrasco para descobri.

5 – Compartilhar cerveja com os amigos;

Acreditamos que as palavras “cerveja” e “churrasco” foram inventadas juntas. Afinal, se tem churrasco, tem cerveja. Também não podemos deixar de lembrar daquele amigo mais “pão-duro” que sempre leva a cerveja mais barata e bebe a cerveja do amigo. Mas, amigos são amigos e quando acabar a melhor cerveja, a cerveja barata vai ser tão boa quanto as demais. O importante é ter cerveja, ainda mais se for em um dia quente. Mas lembre-se, se for dirigir escolha as sem álcool.

6 – Gritar na mesa “passa o palito de dente aí”.

Quando as pessoas vão ficando satisfeitas o momento do churrasco vai chegando ao fim. Mas não é só isso que marca o fim desse momento. Há a famosa frase dita no final do churrasco “passa o palito de dente aí”. Item essencial para o churrasco é o palito de dente pois é ele o responsável por fazer as pessoas voltarem a sorrir.

7 – Ver as mulheres disputando a louça (ou não);

Se tem churrasco tem disputa das mulheres para ver qual é a mais prestativa e mais rápida na louça. A única que se escapa é a tia que fez a maionese, fora ela, é uma começar a juntar os pratos, a outra já corre para a pia e outra já garante o seu pano de prato para secar. Nisso, chega mais uma dizendo “pode deixar que hoje eu lavo”, “deixa comigo, hoje tu é visita” ou ainda “mas eu lavo rapidinho, em dois minutos está tudo limpo”. Não adianta, elas sempre querem ajudar, já eles… só assistem.

Comentários

Comentários

Tags Relacionadas
Talvez você goste
Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *